Sábado, 15 de Junho de 2024
16°C 27°C
São Paulo, SP
Publicidade
Anúncio

POR QUE *O ATAQUE A UTOPIA DO SALÁRIO, SUBSÍDIO INTERCALADO NA ESTRUTURA REMUNERATÓRIA COM OS DPC's DA PCBA?

Não seria pejoração ou desqualificação chamar a proposta de recebermos valorização salarial, remuneratória de UTOPIA, se ao menos a reflexão e a crítica adviesse de premissas baseadas em dados jurídicos, políticos, administrativos e ético.

03/06/2024 às 11h20
Por: Carlos Nascimento Fonte: Denilson Neves-IPCBa
Compartilhe:
POR QUE *O ATAQUE A UTOPIA DO SALÁRIO, SUBSÍDIO INTERCALADO NA ESTRUTURA REMUNERATÓRIA COM OS DPC's DA PCBA?

Utopia é isso mesmo! É buscar o que se aventa no horizonte, mesmo que não esteja muito próximo. Sonhar e desejar a ocorrência daquilo que se pretende. Isso nos move, nos faz andar e sobretudo nos condiciona fugir da mediocridade!

Utopia de VERDADEIRA VALORIZAÇÃO, passa a ser absurda e fruto de devaneios que extrapolam a razão, quando ela não possui pés na realidade e não se aporta de indícios e premissas que possam justificar o requerido, o sonhado, o desejado.

Não seria pejoração ou desqualificação chamar a proposta de recebermos valorização salarial, remuneratória de UTOPIA, se ao menos a reflexão e a crítica adviesse de premissas baseadas em dados jurídicos, políticos, administrativos e ético.

Mas quando o “xingamento”, a tentativa de desqualificar, tentativa de pejoração advém de perspectivas medíocres, de um sentimento de síndrome de cachorro vira-lata e da não busca do merecimento, permeado de uma avaliação rebaixada sobre aquilo que culturalmente dizem o que você é... e assim muito abaixo da sua grandeza... poderemos dizer que isso não só é um ataque a UTOPIA e aos SONHOS, mas é o reflexo do quão pequenos nos sentimos e o quão insignificante achamos que somos.

A proposta de recebermos remuneração, salário, subsídio onde o IPC ou EPC classe ESPECIAL (ALGUÉM QUE JÁ TEM NO MÍNIMO 18 ANOS DE SERVIÇOS NO LABOR DA PCBA) não perceba algo que transitem entre algumas CLASSES / NÍVEL dos DELEGADOS(AS)... que acabaram de ingressar na PCBA... deveria ser algo que nos moralizasse e nos desse ânimos para buscar essa concretização. O que o GOVERNO vai entender, desejar responder ou vai nos oferecer…é UM PROBLEMA DO GOVERNO. 

Nesse momento (com a resposta do Governo), nossos sonhos e utopias seriam derrubadas e desrespeitadas NÃO POR NÓS, mas por nossos patrões, pelo ESTADO... em outras palavras por nossa antítese, por nossos algozes.

Buscaremos o que entendemos ser o nosso DIREITO e representação REAL da nossa valorização! O outro lado que diga que isso é inalcançável e difícil de ser garantido. Porque nós teremos (E TEMOS!) motivos éticos, jurídicos, técnicos, administrativos, políticos e orçamentário para fazer tal solicitação.

Portanto, se a utopia estiver sendo um termo usado para pejorar como loucura, desconexão com a realidade ou como uma proposição absurda, diria que é lamentável e muito pequeno esse pensamento! Quando não medíocre e sustentador da nossa síndrome de cachorro vira-lata! Em nada tem de pé no chão ou clareza do processo! E muito menos demonstra estar preocupado com nossa valorização!

Somos cargos (EPC e IPC) de NÍVEL SUPERIOR. Dois (02) cargos de caráter TÉCNICO CIÊNTIFICO de IMENSA RESPONSABILIDADE no fornecimento de dados e elementos de provas a fase processual do nosso SISTEMA CRIMINAL. E fundamental para realização e razão de ser da fase pré-processual do mesmo sistema.

Somos (EPC e IPC) produtores de conhecimentos que são sequestrados pelos dirigentes dos I.P. e dos A.P.F. O MP tem verdadeira preocupação com o que se desenvolve e é apresentado, via R.I.C’s.  no I.P. para fornecer ou não as DENUNCIAS! E isso não seria algo nobre e valorosos?

E tantos outros argumentos jurídicos contidos na nossa NOTA TÉCNICA que fundamenta a luta pelo SNS e que servem para fundamentar aquilo que alguns denominam (DE FORMA PEJORADA) de utopia?

Sendo assim…sustentamos e defendemos a UTOPIA! Pois, ela nos valoriza, nos coloca no devido lugar onde sempre deveríamos estar.

A nossa UTOPIA não dialoga com peleguismo, com traição, nem com alinhamento com o governo. Nossa UTOPIA busca refletir nossa REAL VALORIZAÇÃO. E sobretudo está embasada em DADOS, PENSAMENTOS E DESEJOS concretos, fundamentada na REAL CONDIÇÃO EM QUE NOS ENCONTRAMOS!

A proposta do SINDPOC que alguns tentam sustentar possui diversos limites, problemas e ausência de uma estratégia clara para se realizar. Está fundamentada tão somente em dados medíocres, de uma variável conhecida por todos, que é a média daquilo que o Nordeste recebe como remuneração. Nada mais sustenta essa proposta apresentada no mês de novembro de 2023. Proposta, sem fundamentação concisa, indefensável e sem caráter juridicamente sustentável, sofrerá muito rápido ataques de rebaixamento. Nenhuma resistência da base e será sumariamente aceita pela direção do sindicato, consequentemente, pela base!

A principal arma que possuímos seria a MOBILIZAÇÃO, a RESISTÊNCIA e as LUTAS que deveríamos já está encampando! Como não estamos, a regra será a sucumbência e o aceite de qualquer contraproposta! 

Essa arma se estivesse nutrida de informações, mobilizada e com a clareza da defesa profunda da proposta resistiria e influenciaria na construção da contraproposta do Governo. Tentando impedir o certo rebaixamento que sofrerá a proposta JÁ REBAIXADA!

Por Denilson Neves - IPC/BA.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
NO ALVO
Sobre o blog/coluna
Espaço destinado para a publicação de artigos sobre segurança.
Ver notícias
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,38 +0,00%
Euro
R$ 5,77 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 376,883,95 +0,34%
Ibovespa
119,662,38 pts 0.08%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Lenium - Criar site de notícias